vistos de estudante eua

Vistos de estudante EUA: saiba quais são e 4 dicas para conseguir

Tudo o que você precisa saber sobre os vistos de estudante EUA para conseguir estudar no país. 

Você sabe como funciona para obter vistos de estudante EUA? Para quem vai estudar fora, principalmente nos Estados Unidos, o visto é um dos documentos obrigatórios para a permanência no país.

Ele serve como uma autorização para que as pessoas possam entrar no país e ficar lá por um determinado tempo, seja para trabalho, estudo ou turismo, os Estados Unidos exigem a apresentação do visto com informações referentes a estadia e atividades que serão exercidas 

Todo o processo para conseguir o visto de estudante vai exigir muita organização e, claro, tempo. O aconselhável é iniciar a solicitação com até três meses de antecedência da data planejada para a viagem. Caso aconteça algum imprevisto, dentro deste prazo é possível resolver*. 

Para te auxiliar a entender mais sobre esse assunto preparamos este artigo, acompanhe até o final e tire todas as suas dúvidas!

* A pandemia afetou muito o calendário dos consulados e serviços consulares, principalmente norte-americanos, confira o site do consulado mais próximo de você para ter informações recentes sobre tempo de espera e processos.

Quais são os vistos que podem ser solicitados para entrar nos Estados Unidos?

Como existem diversos tipos de visto norte-americano, separados por atividades e funções especificas que podem ser exercidas no país, é importante conhecer cada um deles para evitar a confusão e acabar solicitando a autorização que não se encaixa no seu perfil. 

Entender quais são vai otimizar a organização dos documentos essenciais. 

Existem duas categorias, o visto para não imigrantes e o para imigrantes. No primeiro caso, são pessoas que vão viajar e ficar por algum tempo no país, no segundo, são pessoas decididas a ficar por tempo indeterminado. 

Olha só quais são e quais atividades são permitidas para os não imigrantes:

  • Negócios – Visto B-1

Ele é destinado para quem vai viajar a trabalho, seja para negociar contratos, participar de eventos e conferências, ou até mesmo realizar trabalho voluntário. 

Os atletas que vão participar de alguma competição que não envolva prêmio em dinheiro também podem solicitar, assim como os profissionais de serviços domésticos contratados por algum cidadão norte-americano e vão trabalhar nos EUA. 

  • Turismo ou tratamento médico – Visto B-2

O mais comum, o visto B-2 é solicitado por viajantes que vão ficar temporariamente no país, seja por turismo ou para realizar algum tratamento médico. 

E, assim como o B-1, ele pode ser solicitado para a participação de eventos esportivos (de forma amadora) ou culturais. E também, para quem pretende fazer cursos de curta duração, como cursos de culinária que duram um ou dois dias. 

  • Intercâmbio – Visto J-1

O visto J-1 é considerado bem abrangente, isso porque muitos perfis se encaixam nele. Ele envolve viagens bancadas por financiamentos de órgãos, entidades ou instituições norte-americanas. 

Sendo assim, estudantes ou alunos de pós-graduação que estão realizando treinamentos, estágio ou pesquisa financiados pelo governo do país podem solicitar esse tipo visto. 

Outras pessoas que também podem solicitar o J-1 são as que vão para o país para trabalhar como au-pair, monitor de acampamento, médico ou participar de um intercâmbio de verão. 

  • Estudantes – Visto F-1 e M-1

O F-1 é liberado para estudantes estrangeiros que vão estudar no país. Ele é válido para cursos de idiomas, High School ou Ensino Superior em instituições acadêmicas – com exceção de pesquisas e pós-graduação. 

Já o M-1 é valido para os estudantes que não vão frequentar uma instituição acadêmica, como as escolas técnicas ou vocacionais. 

  • Trânsito pelos EUA ou tripulantes – Visto C-1

Quem vai viajar e precisa fazer escala nos Estados Unidos, por qualquer razão, deve solicitar a emissão do C-1 para entrar no país. 

  • Categorias especiais – Vistos I, P e R

Eles são específicos para algumas categorias de profissionais. Os jornalistas que vão cobrir algum evento ou fazer alguma matéria durante algum tempo, solicitam o visto I. 

O visto P é voltado para os atletas e artistas que vão se apresentar no país e, o tipo de visto R é destinado a religiosos e pastores que vão exercer alguma atividade nos Estados Unidos. 

  • Especialistas – Vistos H-1B e O

Os profissionais que exercem atividades específicas e exigem alto nível de conhecimento e especialização, podem solicitar o H-1B. 

Já quem possui habilidades em algumas áreas como ciências, negócios, educação, artes e atletismo devem solicitar o tipo O e, caso estejam acompanhados por uma equipe de suporte ou dependentes, é necessário solicitar os tipos O-2 e O-3. 

Existem ainda outras categorias de visto que podem ser solicitadas, por serem muito específicas, não iremos nos aprofundar, mas você conhecer cada um deles, no site da Embaixada dos Estados Unidos. 

Como solicitar o visto de estudante para entrar nos EUA?

O processo é muito parecido com a solicitação de outros vistos, o que difere são as documentações exigidas. No caso do visto de estudante é necessário que o solicitante apresente o formulário I-20 e o comprovante de pagamento do SEVIS. 

Para te ajudar com isso preparamos um passo a passo completo com todas as informações importantes para você não deixar passar nada! 

  • Vistos de estudante EUA: Passo a passo
  1. A primeira coisa que você precisa é ter em mãos o formulário I-20. Na maioria das vezes, as instituições já enviam logo após a matrícula em outros casos, cabe ao aluno solicitar o documento com a coordenação. 

Veja se os dados estão corretos e conforme os seus documentos. Depois disso, é necessário se registrar no Sistema de Informações sobre Estudantes e Participantes de Intercâmbio ou, como é conhecido SEVIS e pagar uma taxa. 

  1. O segundo passo é preencher o formulário DS-160. Todo mundo que solicita um visto de entrada para os Estados Unidos deve preenche-lo com as informações de permanência no país. Ele também é pago. 
  1. Separe os documentos que serão pedidos pelo Consulado. Entre eles estão: os comprovantes de renda, residência e de matrícula na instituição de ensino, passaporte com valido pelo período de estudo, uma foto recente 5×5, os formulários I-20 e DS-160 e os comprovantes de pagamento de cada um deles.
  1. Marque uma entrevista com o Consulado dos Estados Unidos mais próximo de você. Durante a entrevista um agente vai fazer algumas perguntas sobre a sua viagem, geralmente, são questões como o motivo da viagem, em qual instituição você vai estudar, tempo de permanência, entre outras. 

É essencial que você seja objetivo e responda tudo com sinceridade, caso o agente desconfie pode negar a solicitação de visto.

Como saber se a solicitação foi aprovada?

Normalmente, a aprovação da solicitação de visto demora em torno de dez dias úteis após a entrevista com o Consulado e as informações podem ser consultadas no site “Consular Eletronic Application Center”

Caso o visto tenha sido negado, você pode solicitar uma reavaliação. Assim será agendada uma nova entrevista onde serão solicitados novos documentos, vale destacar que os vistos de estudantes nos EUA são raramente negados. 

  • Dicas para a entrevista 
  • Se atente as roupas – nem muito formais e nem muito informais;
  • Respeite o espaço – não chegue muito perto e nem fique muito afastado do agente;
  • Use tom de voz ameno;
  • Demonstre confiança e certeza na sua fala;
  • Seja sincero e responda todas as perguntas. 
  • Outros documentos que podem ser solicitados
  • RG e CPF;
  • Carteira de trabalho;
  • Extrato bancário;
  • Outras comprovações de renda;
  • Declaração escolar ou universitária para o estudante
  • Perguntas que podem ser feitas pelo entrevistador
  • Quanto tempo irá permanecer nos Estados Unidos?
  • Para qual estado e cidade você irá?
  • Por que você está viajando?
  • Você trabalha ou não no Brasil? Caso a resposta seja sim, qual a sua função e há quanto trabalha.
  • Qual é a sua formação ou nível de escolaridade? 
  • O que não fazer durante a entrevista no Consulado americano?
  • Demonstrar dúvidas ou incertezas nas respostas;
  • Não levar os documentos solicitados;
  • Não responder às perguntas do entrevistador;
  • Não seguir os procedimentos de segurança;
  • Não respeitar as regras de atendimento;
  • Em hipótese alguma conteste o entrevistador.
  • Pode entrar nos Estados Unidos sem visto?

É extremamente importante ressaltar que não é possível entrar no país sem um visto válido. Mesmo que você vá para passar um dia, a falta de autorização impede o seu check-in e você será barrado. 

Vantagens do visto de estudante dos EUA

O visto de estudante oferece algumas vantagens em relação aos outros tipos de vistos do país. Entre eles, podemos destacar: 

  • Permanecer legalmente no país;
  • Estudantes casados ou com filhos pode levá-los junto, com um visto de dependente;
  • Em alguns casos, após a graduação é possível conseguir uma licença de trabalho;
  • Entre outras!

Quem pode ajudar durante esse processo?

Na Genium há o serviço do Conselheiro Americano, esses profissionais nativos são especializados a ajudar os alunos a construírem candidaturas para universidades nos EUA. Alunos Genium High School  que desejam se candidatar a uma vaga nas universidades norte-americanas já contam com a assessoria do Conselheiro Americano incluso no curso,  mas esse serviço pode ser adquirido a parte. 

Quer conhecer mais sobre essa assessoria? Entre em contato!

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email