faculdade nos Estados Unidos

Faculdade nos Estados Unidos: como fazer o sonho virar realidade?

Quem nunca sonhou em fazer faculdade nos Estados Unidos?! Muitas pessoas desistem quando se deparam com o processo de ingresso, mas a verdade é que ele não é tão difícil quanto parece. Continue a leitura para saber como transformar o seu sonho em realidade e estudar nos Estados Unidos.

Como funciona o processo seletivo de uma universidade americana?

            No Brasil, o processo para entrar em uma universidade não tem muito segredo. Na maioria dos casos, basta fazer uma prova de vestibular e, caso atinja a nota estipulada e/ou determinada colocação, o aluno é aceito. Depois, é só levar os documentos exigidos até a universidade e a matrícula está feita.

            Nos Estados Unidos, o processo é bem diferente do aplicado aqui. Há quem diga que o processo norte-americano é muito mais difícil, mas a verdade é que isso não passa de um mito. A verdade é que o processo seletivo norte-americano pode ser bem vantajoso.

            Enquanto no Brasil o aluno é avaliado única e exclusivamente pela nota de uma prova, as faculdades nos Estados Unidos avaliam o aluno como um todo. As universidades norte-americanas realizam o chamado processo seletivo holístico, isto é, eles avaliam o aluno por um todo e não por uma única parte.

            Nessa avaliação, as instituições de ensino buscaram conhecer o aluno para além da parte acadêmica, e sim como cidadãos, avaliando o que o candidato faz nas suas horas vagas e quais são as suas atividades extracurriculares. Isso é feito porque o sistema de ensino norte-americana tem o objetivo de, além de formar profissionais capacitados, formar também cidadãos críticos, participativos e preparados para viver na sociedade.

            Mas o que seria esse processo seletivo holístico e de quais formas ingressar na universidade? Continue lendo para saber!

Quais as formas de um brasileiro ingressar em uma faculdade nos Estados Unidos

            Quem nunca sonhou em viver a vida de um universitário norte-americano como os filmes mostram? A faculdade nos Estados Unidos possui uma rotina bem diferente da que estamos acostumados aqui no Brasil. É de praxe que os estudantes saiam da casa dos pais e se mudem de cidade ou até de estado quando ingressam na universidade. E como vimos nos filmes, muitos deles moram no campus, em dormitórios que a instituição disponibiliza, se envolvem com esportes, atividades extracurriculares e desfrutam de toda a infraestrutura presente.

Existem basicamente 3 formas de um estudante internacional ingressar em uma faculdade nos Estados Unidos. Cada uma dessas formas avalia o estudante de maneira diferente e algumas até são voltadas para estudantes internacionais. Também, é sempre bom recordar, que cada faculdade terá o seu próprio processo de candidatura e você deverá verificar quais são os documentos exigidos em cada uma delas. Agora, vamos conhecer as formas de ingressar em uma faculdade nos EUA?

faculdade nos Estados Unidos

Entrada direta

            A entrada direta é o método mais tradicional e também conhecido de ingressar em uma faculdade nos Estados Unidos. Esse é aquele método que também vemos nos filmes em que os estudantes ficam aguardando ansiosamente a carta de aceite da instituição.

            Nesse método de ingresso é aplicado o processo seletivo holístico, aquele que avalia o aluno como um todo. Esse é um processo muito amplo e como não é muito usado no Brasil, é o que mais gera dúvidas para os estudantes que pretendem se candidatar.

            Para se aplicar nesse processo, existem alguns documentos e exigências que a maioria das faculdades no Estados Unidos pedem:

  • Histórico escolar – ele é importante para avaliar toda a trajetória escolar do aluno durante os anos da escola.
  • Carta de recomendação – nesse processo as cartas de recomendação são extremamente importantes. Elas podem ser feitas pelo diretor, coordenador, mentor, tutor, professores ou algum outro profissional que o tenha acompanhado durante os últimos anos de escola. Ela serve para avaliar o perfil do aluno e como prova social do papel do aluno naquele meio.
  • Faça o TOEFL ou IELTS – como o inglês não é o idioma oficial do estudante, as faculdades nos Estados Unidos exigem um certificado de proficiência para garantir que o aluno conseguirá acompanhar as aulas. O TOEFL (Test of English as a Foreign Language) ou Teste de Inglês como Língua Estrangeira é o teste que é normalmente exigido para comprovar a proficiência.
  • Realize a prova SAT ou ACT – o SAT (Scholastic Aptitude Test ou Scholastic Assessment Test) é equivalente ao ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). É uma prova que avalia o conhecimento do aluno nas áreas de redação, interpretação de texto e matemática e o SAT Subject conta com questões de áreas específicas. Outro teste bastante utilizado é o ACT (American College Testing), que além das matérias acima avalia também a área de ciências.
  • Redação – a redação é exigida pela grande maioria das faculdades nos Estados Unidos. Ela pode ter algum tema específico ou ser somente uma maneira do aluno falar sobre si, suas atividades extracurriculares, a intenção e o entusiasmo de ingressar em determinada faculdade e curso.
  • Entrevista – a entrevista é uma das últimas e talvez a mais importante das etapas para as universidades que exigem essa etapa. Ela pode ser feita presencialmente ou via telefone ou internet e costuma ser uma parte muito importante de todo o processo.

            Essas são algumas das etapas que costumam ser mais exigidas pela grande maioria das instituições de ensino norte-americanas. Se atentando, e se preparando para cada uma delas, você pode aumentar as suas chances de conseguir ingressar em uma faculdade nos Estados Unidos.

Primeiro ano internacional

            Essa modalidade está disponível em pouquíssimas faculdades dos EUA e é muito parecida com o processo de entrada direta, a única diferença é que essa é feita exclusivamente para alunos estrangeiros. Essa opção é desenvolvida especialmente para alunos que desejam ingressar em uma faculdade nos Estados Unidos, mas não conseguiram cumprir todos os requisitos da entrada direta.

            No Brasil, o sistema de ensino é muito voltado para o vestibular com as matérias tradicionais e sem muito foco em atividades extracurriculares. Por isso, os alunos podem enfrentar dificuldade de se candidatar no processo tradicional norte-americano. Eles possuem boas notas e base acadêmica, mas podem não possuir o diferencial que as faculdades exigem.

            Com o primeiro ano internacional o aluno pula algumas dessas etapas e usa o primeiro ano de graduação para se adaptar à universidade e ao país. Ele conta com apoio acadêmico e avaliações periódicas para acompanhar o desenvolvimento do aluno. Confira se a universidade que você deseja se candidatar tem essa opção, pode ser uma boa alternativa para o ingresso.

faculdade nos Estados Unidos

Community College

            As Community College são instituições públicas com foco apenas nos dois primeiros anos de graduação, o Associate Degree, um equivalente a um ensino técnico no Brasil. A grande sacada dessa escolha é que possuem um sistema de transferência para as faculdades nos Estados Unidos, permitindo que o aluno consiga terminar o curso de bacharelado.

            Para garantir essa transferência, o aluno deve cursar os dois primeiros anos e atingir todos os requisitos acadêmicos exigidos pela instituição. Entre os benefícios está o processo de admissão menos rigoroso e o custo muito mais acessível, assim o aluno tem chance de se preparar financeiramente para os próximos anos de graduação.

Uma curiosidade: Você sabia que o Presidente Barack Obama cursou uma Community College antes de ir para a Columbia University

faculdade nos Estados Unidos

Consultoria especializada

            Viu só como ingressar em uma faculdade nos Estados Unidos pode ser muito mais fácil do que você imagina? É fato que o processo é bem diferente do praticado por aqui e que, num primeiro momento, pode ser muito difícil de entender e conseguir se preparar para tudo o que é exigido.

            Se a sua vontade é estudar em uma faculdade nos Estados Unidos, o mais recomendado é que você tenha uma ajuda especializada no assunto, para te guiar e tomar as decisões mais assertivas. Como tudo isso envolve tempo, dinheiro, investimento, o melhor é ter apoio e informações para acertar na escolha, não é?

            Aqui na Genium Education oferecemos o serviço de Conselheiro Americano para ajudar os alunos que desejam ingressar em uma faculdade nos Estados Unidos. Esse é o profissional que ajudará a escolher desde a universidade que melhor se encaixa no perfil do aluno, guiá-lo em todo o processo, até as etapas que vão além da carta de aceite quando o aluno é aprovado, ajudando a escolher moradias e até opções de financiamento.

            Também disponibilizamos o Conselheiro Americanos Sports, voltado para alunos que se destacam em esportes como vôlei, futebol e tênis e têm a possibilidade de conseguir uma bolsa de estudos esportiva. Esse conselheiro ajuda a identificar as melhores oportunidades para cada caso.

            Além disso, a Genium é uma instituição de ensino norte-americana que traz ao Brasil o melhor da educação dos EUA. Alunos Genium se preparam desde cedo para o possível ingresso à faculdade nos Estados Unidos. O Genium Middle School Experience e o Genium High School, preparam o aluno durante o ensino fundamental II e ensino médio, ajudando na fluência da língua inglesa e com a conquista de certificados e um diploma dos EUA de High School. O Genium English, curso de inglês para jovens e adultos, possui módulos voltados especificamente para os testes de proficiência e para quem quer conquistar a fluência na língua.

            Por isso, se o seu sonho é entrar em uma faculdade nos Estado Unidos e está cheio de dúvidas, entre em contato com a Genium e será um prazer te ajudar!

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email